segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Enquanto for apenas medo.

Foto retirada de : bioterra.blogspot.com

Às vezes eu tenho medo. Medo de não responder à altura. Medo de não satisfazer tudo o que foi planejado pra mim... Sei lá, quem não passou por isso, um dia vai passar.
O bom é que podemos nos reconstruir, modificar o que restou de uma vida de erros e complicações. O maravilhoso é que nessa reconstrução agente muda, e muito. Acaba encontrando tudo aquilo que não conseguia achar de maneira nenhuma simplesmente
Pelo fato de acreditar que há alguma coisa por trás daquela pedra no caminho. Só pelo fato de acreditar que depois da pedra tem um jardim, e esse jardim é o paraíso dos teus sonhos. O mundo é inacreditável. Ele nos dá socos ao mesmo tempo em que acaricia alguém,e vice-versa.O que eu jamais poderei fazer é me arrepender,em toda minha vida nunca me arrependi de nada,eu só tive medo.Quando eu era criança,eu caminhava no escuro ,via uma mulher embaixo do pé de uma mangueira no quintal,não tive muitos amigos,e amei muito a minha familia.Até hoje sem arrependimentos só medos.


Aos leitores, inicialmente feliz 2009 e perdão por demorar tanto a escrever novamente, muito obrigada por ler meus textos e voltem sempre!

Um comentário:

Benita disse...

só curindo!!!
...muito bom o texto!!!!